Como enviar uma notificação extrajudicial: Tudo que você precisa saber

pessoa jurídica redigindo documentos para envio de notificação extrajudicial

Compartilhe esse post

A notificação extrajudicial é um instrumento importante para tratar determinadas situações sem usar as vias oficiais.

Portanto, significa menos perda de tempo e menos estresse, além de permitir que tecnologias sejam utilizadas para modernizar a comunicação.

Por isso, vale a pena estudar um pouco sobre como enviar notificação extrajudicial. 

Nesse sentido, é importante entender melhor como funciona esse tipo de notificação e como é possível aplicar novas abordagens para otimizar o processo. 

Então, acompanhe este conteúdo e saiba mais sobre o assunto. 

O que é notificação extrajudicial?

A notificação extrajudicial é um processo de comunicação que tenta estabelecer um acordo entre as partes, antes que a situação seja levada a vias oficiais. 

Ou seja, é um momento intermediário, em que uma parte envia as condições para que o acordo seja cumprido; e a outra parte, a notificada, deve então concordar e deixar isso claro.

É “extra”, porque está fora dos meios judiciais. Envolve agentes externos e meios distintos, que não os Oficiais de Justiça propriamente ditos. Também permite maior flexibilidade na negociação, com maior poder de escolha de quem notifica.

Geralmente, a notificação é uma carta, escrita de modo a cumprir os requisitos legais. Além disso, importa saber também como enviar a notificação extrajudicial: o meio de envio varia a depender do que se busca.

Como enviar uma notificação extrajudicial: Tudo que você precisa saber

Tradicionalmente, esse processo era feito com vias clássicas, como cartórios. Hoje, porém, podemos falar em modernização e em novas abordagens e soluções. 

Uma notificação cumpre diferentes papéis: pode ser usada para solicitar cobrança, notificar um cancelamento, pedir a devolução do imóvel, pedir documentos importantes, etc. 

Antes, um dos desafios era garantir um processo de envio rápido e seguro, inclusive com a certeza de que a pessoa notificada realmente estava ciente. Atualmente, já contamos com soluções viáveis para lidar com isso (como veremos a seguir com detalhes). 

Como enviar notificação extrajudicial?

Vamos então focar nos métodos de como enviar notificação extrajudicial. Temos várias estratégias: cartórios, correios e notificação eletrônica. 

Notificação via Cartório de títulos e documentos 

O método mais tradicional é ir até um Cartório Registro de Títulos e Documentos munido de uma documentação referente ao assunto da notificação. Então, é preciso preencher um formulário específico com as informações que caracterizam aquela notificação. 

O notificador não tem maior controle sobre o processo de envio em si. Isso não fica tão claro e pode envolver atrasos e obstáculos, o que prejudica toda a comunicação e o processo em si. 

Notificação via Correios 

Temos também a opção de enviar uma notificação pelos correios. Nesse caso, é como uma carta mesmo, assinada e endereçada. O processo de envio submete a notificação ao mecanismo de entrega padrão da empresa, o que pode atrasar também o processo.

Além disso, quando se fala em entregas pelos correios, é preciso destacar o serviço de AR (Aviso de Recebimento). Consiste em uma solução que visa garantir que a pessoa notificada realmente esteja ciente do que foi solicitado. 

Assim, é uma garantia para o notificador de que aquilo realmente chegou ao notificado. Nesse sentido, assegura que a comunicação foi consistente e precisa. 

Notificação eletrônica

Os processos tradicionais dependem de uma estrutura logística de transporte e deslocamento. Toda essa cadeia pode atrasar ou até colocar em risco a notificação em si. 

Mesmo que haja um AR, por exemplo, é difícil assegurar 100% de certeza de um bom envio.

Por isso, existe uma solução alternativa: a notificação eletrônica. É um processo rápido, seguro e consistente que garante também o recebimento. Além disso, existem diversas opções de envio para que seja escolhido o modelo mais conveniente.

Como enviar uma notificação extrajudicial: Tudo que você precisa saber

Por exemplo, é possível optar por uma notificação enviada como um e-mail. É entregue instantaneamente e ainda mantém um certo ar de formalidade que é ideal para esse tipo de comunicação. 

Também podemos ter uma notificação via SMS, que chega diretamente no celular da pessoa que recebe. Além disso, vale destacar a notificação via WhatsApp e a notificação por voz.

Ou seja, entender como enviar notificação extrajudicial requer o conhecimento sobre as estratégias online de envio, pois elas tendem a dominar o cenário. Cada vez mais se preza pela segurança e pela consistência que esses métodos oferecem. 

Como enviar notificação extrajudicial online?

Então, vamos lá: como enviar notificação extrajudicial online? 

Para começar, é preciso escrever um documento formal e preciso, de acordo com as boas práticas desse tipo de modelo. 

Assim, é necessário constar nome completo e o endereço da pessoa ou empresa; é importante colocar um título organizado; deve constar as exigências do notificador; é preciso colocar os prazos de cumprimento e outros.

Então, você pode enviar pelo método desejado. Como falamos, existe a opção do cartório, do correio, do e-mail, do SMS, etc. 

É válida a notificação extrajudicial por e-mail?

Uma dúvida importante é acerca da notificação por e-mail. Precisamos reforçar com todas as letras: é válido usar esse método e ainda é muito eficiente. 

Hoje, já é possível obter validade jurídica em processos criados por e-mail. Além disso, é ainda viável contar com o AR online, que auxilia bastante no controle sobre o recebimento.

Por que utilizar o AR Online?

Para uma certeza maior e garantia de segurança sobre o processo de notificação extrajudicial, se usa o AR Online. 

É possível ter maior conveniência e saber realmente se o notificado realmente já está ciente do que foi acordado e enviado.

O AR Online também representa menos custos e menos riscos para a comunicação. A comodidade facilita o andamento do processo.

Conheça a nossa solução de AR Online e saiba como garantir validade jurídica para suas notificações 

Conclusão

Como vimos, é importante entender como enviar notificação extrajudicial para otimizar o processo com as melhores soluções. Uma delas é o envio por e-mail, com o AR Online. Adicionando essas ferramentas, torna-se viável obter os melhores resultados.

Ainda tem dúvidas? Entre em contato conosco, clique aqui e vamos conversar.

Inscreva-se na nossa Newsletter

Receba atualizações e aprenda com os melhores

Mais posts

Abrir conversa
1
Precisa de ajuda?
Escanear o código
Olá! Podemos te ajudar?